O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Teresina, PI
Domingo, 21
Janeiro de 2018

O Piauí precisa parar de espatifar empréstimos bilionários e investir nos projetos estruturantes

Postado por Tomaz Teixeira em 07 de janeiro de 2018 às 02:29

Os governadores do Piauí continuam administrando sem planejamento de resultados. Os erros não vêm somente de W. Dias e Wilson Martins, embora eles tenham sido os que mais esbanjaram bilhões, naturalmente devido a irresponsabilidade do Legislativo (ALEPI), que Resultado de imagem para alepiaprovou pedidos bilionários de empréstimos interno e externo, sem os devidos projetos anexados aos pedidos de empréstimos, e sem as respectivas planilhas de custos. Ora, sem projetos e sem planilhas de custos e de desembolso, como investigar a aplicação de tantos bilhões? Em suma: o Legislativo do Piauí, (leia-se: Deputados Estaduais) são coresponsáveis por esses desmandos bilionários.

 Aliás, nem os governos das oligarquias e de Mão Santa e de Alberto Resultado de imagem para Wellington Dias e Wilson MartinsSilva, nunca tiraram em seus dois mandatos cada um, empréstimos que não fossem de milhãozinho. Wellington Dias e Wilson Martins, foram os campeões em bilhões em empréstimos. Isso pode ainda complicar e muito hein!!

VAMOS AOS FATOS: Wilson Martins 9 meses antes de deixar o poder, Junho de 2013 a Março de 2014, data em que se desincompatibilizou para ser candidato a senador, propôs ao Legislativo, pedido de empréstimos da ordem de R$ 2.7 bilhões. E conseguiu!! A ALEPI concedeu!! Sagaz, Wilson apressou e ainda conseguiu tirar dos bancos R$2.1 bilhões, deixando um saldo de R$ 600 milhões, segundo ele, Wilson, para W. Dias, concluir o tal rodoanel (a mais irresponsável obra Resultado de imagem para placa do rodoanel de sp DNITpública do Piauí, pois, em todos estados, até São Paulo, que acabou de fazer o seu rodoanel, foi com recursos sob a responsabilidade do DNIT, leia-se Ministério dos Transportes). Uma irresponsabilidade sem precedentes, quando esses recursos tinham que ser aplicados em obras estruturantes como: a Transcerrado; recuperação da ferrovia Teresina Luiz Correia; um Distrito Industrial na Capital acoplado a um estruturado Porto Seco, com incentivos de galpões industriais, para Resultado de imagem para charge de wilson martins atrair grandes indústrias. Mas, espatifaram esse dinheirão, em nove meses, do período do financiamento junho 2013 a 31 de março de 2014. Tempo insuficiente, para fazer as obras que somassem tamanho volume de recursos. Cadê o Dinheiro? Cadê as sobras que justifiquem? Cadê a fiscalização? Ora, como fiscalizar, se não tinham projetos e nem planilhas de custos das propaladas obras e promessas marotas? Esse é um caso merecedor de MPF e PF, para com rigor, descobrir onde enfiaram R$ 2.1 bilhões, pois, se fossem em obras, com certeza não daria tempo devido a exiguidade do tempo, apenas 9 meses, restante do mandato de W. Martins!

Wellington Dias, também incorreu no mesmo erro. Dizem eles mesmo Resultado de imagem para Wellington Diasque buscaram financiamentos dentro e fora do país, da ordem de R$ 3 bilhões!! Nesses 3 anos de governo. Com o mesmo estilo irresponsável, apenas citando que o dinheiro seria para mobilidade urbana (quais obras?) não citam, educação, saúde, estradas e infraestrutura. Ora, que obras da educação? Da Saúde? Quais estradas e seus respectivos valores e tipo de asfalto? Qual infraestrutura de que e onde? Qual mobilidade urbana? E, o pior, irresponsavelmente o Legislativo aprovou, nas comissões técnicas e com aval do Plenário, que tem mais de 15 suplentes, no mais vil estilo de cooptação política da história dos governadores do Estado do Piauí. Convenhamos, coisa de louco!!

Mas, continuemos, mostrando que rumo esses recursos deveriam ter seguidos, naturalmente que, na busca de se deixar um lastro de obras estruturantes inerentes ao desenvolvimento do estado: Concluir a rodovia Transcerrado; recuperação da ferrovia Teresina, Luiz Correia, com expansão até Cajueiro da Praia, com aquisição de dois trens VLTs para incrementar o turismo e um cargueiro para baixo frete, já visando o futuro Complexo Industrial e Portuário do Vale do Timonha!!! Ora Resultado de imagem para canais de irrigaçãobolas!! Isso é óbvio!! Construir 10, 15 ou 20 KM de canais de irrigação nas margens dos 17 municípios ribeirinhos do Parnaíba, de Santa Filomena a Parnaíba, quando geraríamos, uma infraestrutura de 340 KM, de canais de irrigação, para gigante plantio de fruticultura, legumes, grãos, verduras, piscicultura e apicultura, tudo em larga escala, gerando milhares de empregos e renda forte aos cofres públicos do estado e dos municípios, sem precedentes, na história política do Piauí.

Ainda com esses recursos, atrair, convidar, grandes grupos hoteleiros, já com projetos prontos de Resorts inteligentes, levando-os ao BNDES, Resultado de imagem para resort cearapara o financiamento desses Resorts, como tem sido feito, na Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. Claro que o estado entraria apenas com os incentivos fiscais e com o apoio político para a concessão dos empréstimos, que, aí sim, geraria a infraestrutura para finalmente dar início ao chamado turismo profissional e empreendedor, com segurança de retorno factível.

A barragem de Castelo e as necessárias barragens, nos afluentes do Resultado de imagem para barragem de castelo do piauiPoti, para a consistência permanente do volume d’água. Isso sim gente, é o que se pode chamar de obras estruturantes.

Mas, para isso, se faz necessário que se façam os respectivos projetos, com suas obrigatórias planilhas de custos e de desembolso. Sem projetos e planilhas de custos, como fiscalizar a aplicação desses empréstimos? Com a palavra o Secretariozinho de Planejamento do PI Antônio Neto. Ô coitado!!

Somos mal governados!! Nossos políticos são despreparados e incompetentes!! Precisamos de gente mais confiável, para reger os destinos do Piauí!! Não dá mais para somar tantos atrasos, sem competentemente, investir, nos setores produtivos, prioritários e carentes de ações com visão empreendedora.

É Piauí, vem aí uma nova eleição! Quem são os candidatos? Vocês conhecem alguma proposta inteligente desses pretensos candidatos? Precisa não, né? W. Dias, nunca fez um plano de governo como proposta e plataforma de suas três eleições, e não duvidem o povo vai lhe dar o seu quarto mandato e sua terceira reeleição, pois seus adversários, também, como ele, não têm propostas sérias, concretas e objetivas, de coisa nenhuma. Em suma, nossos políticos só têm projetos pessoais, querem ser tudo, Governador, Vice, Senador, Deputado Federal e estadual, Prefeito e vereador, mas, nenhum, estou dizendo nenhum, mesmo, verdade, tem proposta séria de coisa nenhuma. E o povo besta, ainda vota neles!!

É a nossa dura e incisiva opinião de hoje, real, concreta e pragmática, doa a quem doer!!!

 

 

 

Imagem relacionada

                                   P  A  N  C  A  D  A    P  I  A  U  Í

 

 

  • JÁ ESTÁ NA HORA DE ACABAR COM AS CONCESSÕES, dos blocos do Grande Hotel de Luiz Correia, iniciado por Alberto Silva e nunca concluído o rico projeto, para dar início ao chamado turismo de Resultado de imagem para grande hotel de luis correia  piauivoos charters, para o qual foi construído, com seus respectivos chalés. O Governador Wellington Dias, pode se quiser, em um ano de governo que ainda resta nesse seu mandato, chamar o empresário R. Damásio, e, fazer um contrato de comodato, para a conclusão do mega projeto, do Grande Hotel de Luiz Correia, transformando-o num mega RESORT, aproveitando a mega estrutura e seu restaurante para 2 mil atendimentos só no café da manhã, bem como, seus respectivos chalés, gerando uma gigante estrutura para receber voos charters. Acabar com as loucas concessões, para entidades de classe, que infelizmente quebrou a programação de estrutura hoteleira, deixada quase concluída por Alberto Silva, e dando ao litoral o seu primeiro grande hotel capaz, de hospedar sozinho um completo voo charter. Acorde governador tenha o mínimo de visão empreendedora. Será possível que o Sr. não tenha essa visão e nem assessores para convencê-lo? Transforme aquilo num grande Resort, passando-o para a iniciativa privada. Faça e logo!! O Damásio topa, desde que tenha carência de 5 ou 10 anos, para começar a pagar o empreendimento ao estado. Isso sim é ter visão empreendedora. Veja no Google os Resorts de Pernambuco e Ceará, são semelhantes ao estilo do Grande Hotel de Luiz Correia, projetado por Alberto Silva e nunca concluído por seus sucessores, por falta de visão inteligente e empreendedora. Faça governador, faça! Seja pragmático e objetivo!! O Damásio topa sim!! Tente! Tente!! Acorde Governador a hora é essa!!

Imagem relacionada

  • O COMERCIAL É BONITO GOVERNADOR, MAS, A REALIDEADE É OUTRA, se não vejamos: o comercial que passa na TV do Governo do Piauí, está bem feito, bem criativo, mas não dar para aplaudir, pois a realidade é outra. Os projetos eólicos e de placas de captação de Resultado de imagem para torres eolicas  piauienergia solar, nada tem a ver com o Governo do Piauí que sequer, com seus respectivos municípios, lucrarão, com a venda da energia dos dois projetos nobres de energia limpa. Nada tem a ver com o Piauí, apenas a participação dos ventos e do sol causticante que sobram naquela região. Mas, de Resultado de imagem para placas de energia solar  piauinada vai ajudar o Piauí, pelo menos até hoje, pois sequer teremos dividendos. Se os projetos de Lei, do deputado Heráclito com o seu colega Julio César, for aprovado, esses projetos eólicos e de energia solar, poderão beneficiar sim com royalties, ou impostos em cima da energia produzida e vendida à CHESF.

Fico constrangido em relatar para o leitor da coluna a realidade desses projetos: eólico, e de energia solar. Não dar para incluir nas obras do governo do Piauí não tem nada a ver.  Isso não foi legal, sua assessoria tentou tirar proveito, mas, não veio a calhar, infelizmente

Imagem relacionada

 

  • MAIS EMPRÉSTIMOS? E CADÊ OS PROJETOS? O Governo do Piauí está anunciando um empréstimo da CEF, da ordem de R$ 315 milhões, para ser repassado ao estado no inicio da segunda quinzena de Janeiro. Nada contra, mais dinheiro, mais investimento. Entretanto, mais uma vez o governo anuncia que o empréstimo será para MOBILIDADE URBANA e para o complemento de algumas obras que já estão em andamento. Mas, quais obras, sem projetos também e sem planilhas de custos. Ora, como fiscalizar a aplicação dos recursos. Onde está o TCE? A ALEPI, nada fiscaliza, quais as tais obras em andamento? Têm projetos? Planilhas de custos? Isso é grave e merece a vigilância do tal GAECO e MPE, ou se não atuam por que não querem, que entre em ação o MPF e PF afinal, alguém precisa ter a responsabilidade de investigar que destino estão sendo dado a essa farra de pedidos de empréstimos. E isso vem de longe hein! Mas, o TCE, ALEPI E MPE, não estão nem aí. Quanta irresponsabilidade.

Imagem relacionada

  • MINISTRO DAS CIDADES ESTÁ MANDANDO R$ 585 MILHÕES, para Teresina, e a cantiga é a mesma, mobilidade urbana, pontes viadutos e outras sinecuras que vão arrastar segundo o Ministro das Cidades Sr. Alexandre Baldy, uma soma de recursos elevadíssimos oriundos do seu Ministério. São recursos que, se direcionados para projetos Resultado de imagem para ministro Alexandre Baldy em teresinageradores de emprego e renda, como áreas irrigadas no Parnaíba e Poti, elevaria o PIB do município, mas, infelizmente, a exemplo de Lagoas do Norte e outras sinecuras, vão espatifar R$ 585 milhões em obras que não geram infraestrutura de coisa nenhuma quando, o mais correto, seria que esses recursos fossem direcionados para projetos com garantia de retorno de emprego e renda para os cofres do município. Canais de irrigação nas margens dos Rios Poti e Parnaíba, na geração de mega campos irrigados, dotando a capital do Piauí em pouco tempo, de um polo exportador de fruticultura, legumes, grãos, verduras, piscicultura e apicultura, criando uma nova Petrolina e Juazeiro, com aproveitamento das terras nobres da vizinha Timon e do mega Projeto Grande Teresina, que, se implantado, geraria milhares de empregos ao longo das margens do Parnaíba e Poti. Mas, infelizmente, impera a mediocridade política, com tantos milhões jogados fora em obras que não geram índice nenhum de desenvolvimento e progresso de coisa nenhuma. M E D I O C R I D A D E!!!!!!!!!

 

 

 

T  R  I  N C  H  E  I  R  A

 

 

  • FIRMINO PECA PELA MEDIOCRIDADE E FALTA DE VISÃO EMPREENDEDORA – A declaração do Ministro das Cidades Alexandre Baldy, de que está mandando somente para Teresina, Resultado de imagem para ministro Alexandre Baldy em teresina585 milhões, deve servir de alerta para entidades de classe especialmente do setor produtivo, como FIEPI, FECOMÉRCIO, ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL, e órgãos outros de classe, que esses recursos não sejam espatifados como os R$ 480 milhões, desse, Lagoas do Norte, que não gerou emprego nenhum e muito menos progresso de coisa nenhuma.

 

  •    INFELIZMENTE O vício da corrupção já anuncia a tal mobilidade urbana, onde espatifam milhões, em detrimento de que se faça projetos consistentes de geração de emprego e renda. Com esses R$ 585 MILHÕES, daria para dar inicio aos grandes projetos de que Teresina tanto necessita e geraria milhares de empregos.

 

  • COM R$ 585 MILHÕES, se Teresina tivesse um prefeito com visão empreendedora, a capital do Piauí aproveitando o Projeto Resultado de imagem para mapa do grande teresinaGRANDE TERESINA, iniciaria um festival de projetos voltados para irrigação e produção de fruticultura nas margens do Parnaíba e Poti, gerando uma mega área irrigada e milhares de empregos fortalecendo a economia do município, e transformando Teresina, num polo exportador de fruticultura em larga escala, grãos, legumes, verduras, cana de açúcar atraindo mais uma fábrica de açúcar e etanol para exportação, mas, infelizmente, o Prefeito Firmino, de Teresina, é pequeno no tamanho e na visão empreendedora, quase  anão e cego. Vai espatifar esse dinheirão todinho. HELP, MPF E PF!!! HELP!!!

 

  • FALTAM PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO – Afinal qual mesmo os projetos direcionados ao desenvolvimento com visão, produção de riqueza, emprego e renda? NENHUM!!! Infelizmente, nossos políticos não tem nada na cabeça, e, enquanto isso, nossa juventude de formandos universitários, sofrem a falta de mercado de trabalho, fruto da mediocridade de nossa classe política, neófita, atrasada, medíocre e incompetentíssima!!! Uma vergonha. Só tem Justo Veríssimo!!!!!

 

  • JÁ COMEÇOU A POLITICALHA INFERNAL – Tudo como preconizamos, depois da virada do ano, os programas de TVs do meio em dia em Teresina (horário nobre), só falam de candidaturas, e sem ter pelo menos a dignidade de atender aos anseios do telespectador, indagando desses políticos, quais as propostas deles e de seus partidos para melhorar a vida do piauiense. Mas, alguns, medíocres como os políticos do Piauí, sequer, buscam mostrar ao povo que tem candidato que não tem proposta de coisa nenhuma, mas quer ser tudo, senador, governador, vice, deputado estadual etc. etc. etc. Ô coitados!!! Politicalha NOJENTA!!!

 

  • VIVA A UFPI COM A SUA 1ª FEIRA AGROECOLÓGICA CULTURAL 2018 – O conceituado Jornal Diário do Povo, mostrou na edição de Resultado de imagem para UFPI COM A SUA 1ª FEIRA AGROECOLÓGICA CULTURALsexta feira, a nobre realização da UFPI, que, vivenciando a cultura e a vida saudável, realizou com objetividade, o  projeto SEMENTES DE CULTURA, uma feira de Base Agro ecológica, Cultural, com duas edições por mês ao longo de todo ano de 2018, na Universidade Federal do Piauí. Esse é um projeto de extensão que integra a comunidade acadêmica com a sociedade, proporcionando visibilidade de mercado e sociabilidade para os colabores e participantes.

 

  • VIVA A UFPI....A Instituição desenvolveu um projeto de extensão que capacita e orienta os agricultores para produzir e manusear Resultado de imagem para UFPI COM A SUA 1ª FEIRA AGROECOLÓGICA CULTURALprodutos orgânicos, além de acompanhar e auxiliar na qualidade dos produtos alimentícios. A UFPI também dá assistência aos feirantes disponibilizando transporte gratuito para deslocamento dos agricultores e seus produtos sustentáveis, até o local da feira. Imaginem se esse povo com apoio da UFPI tivesse canais de irrigação para produzir em larga escala. Mas, mediocridade dos políticos da capital, prefeito e vereadores, não ajudam. Faz  pena!! Ô coitados!!! APLAUSOS AOS NOBRES PROFESSORES DA UFPI, POR ESSA FEIRA INTELIGENTE E OBJETIVA COM RETORNO GARANTIDO!!!!! Isso sim, é pensar grande e visando o futuro com sustentabilidade.

 

  • EXEMPLO DE MEDIOCRIDADE : “ BAIRRO PEDRA MOLE GANHARÁ QUADRA POLIESPORTIVA E CAMPO – Pegue essa verba desça um pouco da Pedra Mole e logo ali nas margens doResultado de imagem para BAIRRO PEDRA MOLE GANHARÁ QUADRA POLIESPORTIVA E CAMPO Poti, aplique esse dinheiro da quadra poliesportiva e do campo de futebol, invista em bombas para puxar água do Poti e garantir plantio de verduras e legumes, por irrigação, gerando centenas de empregos para quem mora na PEDRA MOLE. A PEDRA É MOLE, mas, o Firmino tem a cabeça dura, oca e sem visão de coisa nenhuma. Coitado do povo pobre de Teresina, sem esperança de coisa nenhuma. Faz pena!!!

 

 

 

P  I  M  E  N  T  I  N   H  A

 

Resultado de imagem para pimenta

  • O Prefeito Firmino Filho vai receber do Ministério das Cidades mais de meio bilhão, o que será que ele vai fazer com esse dinheirão?
  •  
  •  R$ 585 milhões virão para a Prefeitura de Teresina e só Deus sabe o que vão fazer com tanto dinheiro.

 

  • Infelizmente o Prefeito de Teresina embora sendo economista, não tem visão empreendedora, para aplicar em obras de retorno de emprego e renda.

 

  • R$ 585 milhões do Ministério das Cidades, segundo declarou o Ministro Alexandre Baldy, daria para dar inicio a mega  projetos de irrigação nas margens do Poti e Parnaíba.

 

  • R$ 585 milhões se bem aplicados entre Nazária, Teresina e União nas margens do Parnaíba, e no Poti, em direção ao município de Prata, geraria mega campos de irrigação.

 

  • Isso seria pensar grande, no trabalhador e fomentar a agricultura de fruticultura, verduras, legumes e outras culturas. Mas.... é de fazer dó.

 

  • Wellington e Firmino qual dos dois o pior?

 

  • Se na capital Firmino espatifa milhões, no interior W. Dias não é diferente.

 

  • Em visita a São João da Serra, o governador assinou e autorizou a construção de várias obras, mas que não geram nada. Veja:

 

  • Passagens molhadas, um estádio de futebol, 50 casas populares, 14 mil metros quadrados de asfalto e se salvou qdo mandou fazer 10 poços tubulares.

 

  • Que esses poços tubulares tenham caixa d’água, e que ele promova projetos de irrigação gerando emprego e renda para o povo. DUVIDAMOS QUE ISSO ACONTEÇA!!!

 


21/01/2018 - 01h16min
Eles desistiram mesmo?



20/01/2018 - 13h51min
Agora vai?



26/12/2017 - 12h09min
RETRATO FALADO

26/12/2017 - 12h06min
Qual será o candidato da base?

26/12/2017 - 12h00min
O bom exemplo da Argentina






02/11/2017 - 14h14min
O que restou de Che Guevara

02/11/2017 - 14h04min
STF Fumaça comestível