O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Teresina, PI
Sábado, 18
Novembro de 2017

10/11/2017 - 13h29min

BNDES e BID assinam convênio de US$ 2,4 bi para infraestrutura e energia renovável

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) fecharam nesta sexta-feira (10) convênio para linha de crédito condicional de US$ 2,4 bilhões, que terá como objetivo financiar em médio e longo prazo investimentos privados em infraestrutura, energia sustentável e projetos produtivos de pequenas e médias empresas.

O BNDES disse em nota que foi assinado ainda o primeiro contrato de empréstimo no convênio, para o Programa de Financiamento para Energia Sustentável, no valor de US$ 900 milhões.

A maior parte dos recursos desse primeiro contrato, dos quais US$ 750 milhões de dólares serão do BID e US$ 150 milhões em contrapartida do BNDES, será destinada a financiar projetos de geração de energia eólica, com potencial para capacidade instalada acima de 600 megawatts.

O BID é historicamente o principal credor internacional do BNDES. Atualmente, o banco de fomento brasileiro tem seis operações ativas com o BID. O saldo devedor, em junho de 2017, era de R$ 10,6 bilhões, o equivalente a 55% de todo o dinheiro captado pelo BNDES junto a organismos internacionais.

O relacionamento entre os dois bancos instituições começou em 1964 e resultou, até então, na celebração de 21 contratos, no valor de mais de US$ 8 bilhões. O último contrato de empréstimo foi celebrado em dezembro de 2010, no valor de US$ 1 bilhão, destinado ao apoio de projetos implementados por micro, pequenas e médias empresas.
G1 





17/11/2017 - 19h30min
A ameaça totalitária