O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Teresina, PI
Sexta, 15
Fevereiro de 2019

11/02/2019 - 15h54min

Nova maternidade recebe investimentos de R$ 84 mi e será entregue em dois anos

O governador Wellington Dias visitou, nesta segunda-feira (11), as obras de construção da Unidade de Referência em Alta Complexidade Materno-Infantil de Teresina. A nova maternidade fica localizada na Avenida Presidente Kennedy, local onde funcionou o antigo Clube Tigrão, em Teresina.Francisco Leal

A nova maternidade vai atender em uma estrutura hospitalar mais moderna, com o dobro da capacidade na assistência intensiva. Somente em UTI adulta serão 20 unidades, assim como 30 leitos de UTI neonatal. Além desses, 45 leitos de Cuidados Intermediários e 20 de leitos Intermediários Canguru, que é um espaço para acolhimento de mãe e bebê. Portanto, serão 115 leitos para tratamento intensivo.

A unidade contará ainda com a Casa de Gestante, Bebê e Puérpera, uma estrutura que dá mais assistência aos cuidados com a mãe e bebê, permitindo que a mãe fique mais próxima do filho. “O objetivo é reduzir a mortalidade infantil e de gestante, assegurando que o Piauí possa ter uma estrutura moderna, com profissionais de qualidade. A Maternidade Evangelina Rosa tem um papel importante, mas precisamos de uma estrutura que proporcione melhores condições aos pacientes”, atentou Wellington.

A entrega da obra, orçada em aproximadamente R$ 84 milhões, está prevista para 2021. “Aqui teremos um prédio de oito andares. Nesses dois anos devemos terminar até o quinto andar e os outros três serão concluídos posteriormente. É uma maternidade que servirá de referência para toda a rede de alto risco e será exemplo para todo o país”, disse o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Governador visita obras da nova maternidade de Teresina  

    Governador visita obra da Maternidade

Nova maternidade de Teresina vai funcionar na zona leste

Governador visita obra da Maternidade